segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Brasileiro troca vice-presidência do Google por Apple Chinesa

O diretor responsável por produtos com Android no Google, o brasileiro Hugo Barra, 36, revelou que está trocando a gigante norte- americana pela fabricante de celulares e outros eletrônicos Xiaomi, empresa da qual será vice-presidente global.






O diretor responsável por produtos com Android no Google, o brasileiro Hugo Barra, 36, revelou que está trocando a gigante norte- americana pela fabricante de celulares e outros eletrônicos Xiaomi, de Pequim, empresa da qual será vice-presidente global.

A Xiaomi é considerada a "Apple chinesa", por fabricar smartphones parecidos com o iPhone. E seu dono, Lei Jun, foi apelidado de "Steve Jobs chinês", por cultivar a imagem do cofundador da empresa norte-americana, como o uso de jeans e camisetas escuras.

Depois de quase cinco anos e meio no Google e quase três anos como um membro do time de Android, decidi iniciar um novo capítulo da minha carreira", escreveu o executivo na rede social Google Plus.

"Em algumas semanas, vou me juntar à equipe da Xiaomi, na China, para ajudá-los a expandir seu incrível portfólio de produtos e de negócios globalmente", continuou. Seu trabalho, disse, será ainda relacionado com o Android, que é o sistema operacional do Google para smartphones e tablets.

Barra, nascido em Belo Horizonte e formado pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), foi o responsável por fazer algumas das apresentações de novos produtos do Google, como no caso do tablet Nexus 7 e de seu sucessor.

Antes de trabalhar no Google, o executivo brasileiro criou uma empresa de tecnologia de reconhecimento vocal em Boston.

Fundada em 2010, a Xiaomi vende celulares, tablets e desenvolve aplicativos, especialmente focada no mercado interno chinês -onde é a marca mais popular, chegando a vender 7 milhões de aparelhos só no primeiro semestre deste ano.

Um de seus aparelhos de topo de linha, o Mi 2S, chegou ao mercado equipado com a versão 4.1 do Android (Jelly Bean).Neste mês, a empresa conseguiu mais uma rodada de financiamento, o que a fez atingir, de acordo com a Bloomberg, um valor de mercado estimado em cerca de US$ 10 bilhões.

RELACIONAMENTO

A razão pela qual Barra teria deixado o Google (além de "iniciar um novo capítulo da carreira") é alvo de especulações.

Reportagem do site "AllThingsD" que fala sobre a separação de Sergey Brin, cofundador do Google, e a sua mulher, Anne Wojcicki, fez blogs relacionarem o caso a uma disputa amorosa.

Brin, de acordo com o site de fofoca do Vale do Silício "Valleywag", está namorando Amanda Rosenberg, a gerente de marketing do Google Glass. A executiva seria um antigo romance de Barra, segundo a publicação.

Em 2012, Rosenberg publicou uma foto em que está abraçada com Barra em seu perfil da rede social Google.

De acordo com o "Financial Times", que ouviu uma pessoas ligada ao Google, a saída de Barra da empresa não está vinculada ao relacionamento de Brin.

Fonte: Folha de São Paulo
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...